sábado, 5 de março de 2016

Filme: Um Senhor Estagiário

Título Original: The Intern
Ano: 2015
Duração: 121 min
Direção: Nancy Meyers
Gênero: Comédia, Drama... (as duas classificações me parecem simplistas mas enfim...)
Elenco: Robert de Niro, Anne Hathaway, Adam DeVine








Oi, Pessoas!!!

Tem tempo que não falo sobre filmes ainda que continue assistindo aos montes. O filme de hoje é Um Senhor Estagiário, com o lindo do Robert De Niro... Se você ainda não viu, precisa ver urgentemente. Peguei amor e aí, já viu... hahaha Vi pela terceira vez e não me canso de assistir... ♥ ♡ ❤

Bora lá, comentar...

O filme já começa perfeito com o personagem Ben Whittaker (De Niro) narrando como tem sido a sua vida após a aposentadoria. Acredite, é uma narrativa linda e forte - reflexão pura. Esse discurso introdutório nada mais é do que um vídeo de apresentação que Ben está gravando para pleitear uma vaga de estagiário em uma empresa que está implementando um programa de contratação de idosos. 

Nesse depoimento ele fala sobre muitas coisas mas a que mais me tocou foi sobre ele nunca ter pensado que iria a tantos funerais em tão pouco tempo. Não é terrível imaginar que, em um determinado momento de sua vida, as pessoas que você conhece - amigos e familiares - começarão a morrer e serão sucessivas perdas? Isso me deixou baqueada...☹ 



O fato é que Ben, um viúvo, aposentado, na casa dos 70, viu um cartaz anunciando a contratação de estagiários idosos e decidiu se jogar nessa nova aventura. Achei lindo e absolutamente digno. Como não seria? De Niro tem aquele jeito suave de interpretar que parece não estar fazendo o menor esforço. É uma delícia de assistir. 


Jules e Beck
A empresa em questão é um site, famoso por seu sucesso na venda de roupas online, pertencente a Jules Ostin (Anne Hathaway). Em menos de 18 meses, Jules - casada, mãe e que ainda não tem 30 anos - transformou seu pequeno site em um negócio bem-sucedido em franca expansão.  Jules é muito dedicada a sua empresa e seu relacionamento é o retrato do mundo moderno. Uma vez que sua empresa é um sucesso e exige muito de seu tempo, o casal decidiu de comum acordo que seu marido, Matt, deixaria o emprego e cuidaria de sua prole.


Ben e os estagiários
Ben termina sendo contratado e designado para trabalhar diretamente com Jules. Ela por sua vez, não está animada com a situação e pensa que Ben pouco poderá lhe ser útil. Resultado, Ben é colocado em uma mesa junto a outros estagiários contratados - todos na casa dos 20 anos - e passa os dias a observar o funcionamento da empresa e o comportamento de seus colegas. Reservado, solicito e proativo, Ben se encaixa em todos os ambientes. Sua calma e segurança atrai todos a seu redor. Logo ele começa a ser procurado pelos mais jovens que veem nele um porto seguro, alguém confiável que sabe o que fazer nas mais variadas situações. Enquanto os auxilia, Ben vai lhes trabalhando a autoestima e ensinando valores que parecem não fazer sentido no mundo de hoje mas que foram totalmente acolhidos pela galera jovem do escritório. 



Achei fantástica a forma como eles colocaram essas situações no filme. Não ficou nada forçado nem fantasioso. Ben não se impõe aos mais jovens, nem tão pouco se "assusta" com eles. Aos poucos ele vai se aproximando de Jules e ela percebe o quão valoroso pode ser tê-lo por perto. São cenas linnnnnnnnndas! 



Muita cumplicidade, companheirismo, LEALDADE - do tipo, topa tudo o tempo todo - apoio emocional incondicional, paz, segurança e equilíbrio são palavras chaves que norteiam o desenrolar desse filme. Sem contar nos momentos de riso. Tem momentos que são de riso garantido. 



Muitas questões são abordadas no filme de forma profunda e leve ao mesmo tempo. Tudo sob medida. Não há como não gostar. Envelhecimento, machismo, mercado de trabalho, valores, traição, superação, amizade são algumas das questões levantadas e acho que vale muito a pena conferir... Saber que envelhecer tem seus percalços mas não é o fim do mundo e, principalmente, não é o fim de quem você é... é um alento! 

Não bastasse tudo isso, o filme ainda faz referência a outro filme maravilhoso que tem resenha aqui no blog - Cantando na Chuva. Há muitas cenas engraçadas mas a reflexão está presente em todas elas. Não tem como não rir com a entrevista de emprego feita com Ben. O entrevistador é bem sem noção... rs 



Resumindo... o filme é M A R A V I L H O S O e eu recomendo muuuuuuuito!!!

4 comentários:

  1. É um filme excelente mesmo! Acho incrível como ele consegue tratar de temas complexos sem perder o otimismo e com muita delicadeza! Mas isso acho que eu já tinha dito pra vc! hahahaha! Enfim, adorei a resenha! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rafa!

      Sim, você já disse mas pode dizer mil vezes. Não me incomoda ouvir a verdade... rs... O filme é mesmo incrível! Foi bom assisti-lo com você. Pensei em colocar um trecho do nosso diálogo na resenha mas depois fiquei na dúvida se você não acharia ruim... Enfim, obrigada por comentar!
      Beijos

      Excluir
    2. Podia ter colocado sim! A discussão foi nossa, portanto vc tbem é dona dela! hahahah!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...